Ballet Adulto: Porque Você Não Pode Deixar Seu Sonho Morrer

Compartilhe

 

Entenda de uma vez por todas que o ballet é uma prática possível a qualquer idade, corpo ou tempo de vida. Para os adultos já tem até categoria própria: Ballet Adulto. Saiba porque você não pode deixar o seu sonho morrer, de jeito nenhum!

Talvez, você não saiba o que está perdendo.

ballet terceira idade

 

Logo mais vamos fazer uma série de artigos sobre Ballet Adulto para falar mais sobre todas as implicações e tirar todas as dúvidas que existem sobre essa modalidade.

Porém antes, vamos entender uma coisa: a menos que você não esteja sonhando em entrar em uma companhia clássica aos 40 anos de idade, saiba que você merece e pode fazer ballet se sempre teve vontade.

E a verdade é que você está perdendo a chance de viver uma vida extraordinária, mesmo se estiver na terceira idade. 

Terceira Idade com Ballet combina?

Entenda agora porquê, diante de tantos benefícios, você não pode deixar o seu sonho morrer: o balé clássico na fase adulta pode ser extraordinário, até na terceira idade!!

A dança sempre foi uma atividade feita por jovens, o que é uma “especificação” algo imposta pelo tradicionalismo, uma vez que o Ballet, como tal o conhecemos, teve seu início em 1.661, quando o rei da França Luís XIV fundou a Academie Royale de Danse.

No entanto, exercícios de dança como o balé são tão úteis na vida dos adultos como na vida das crianças e dos jovens. Já foi provado que o balé é um treino que afeta positivamente cada parte da vida de uma pessoa.

Você já ouviu falar sobre Doreen Pechey? Este é um caso extraordinário de ballet na terceira idade.

Esta bela senhora de 71 anos que você vai ver no vídeo abaixo, se tornou a pessoa mais velha no Reino Unido a passar no exame de 6º grau no ballet, em 2016.

Seu sonho de infância era ser bailarina, mas por causa da situação econômica de seus pais, ela não pode começar enquanto jovem.

Então, o que ela fez?

Ela decidiu que, apesar de ter 60 anos, ela poderia fazê-lo. E assim conseguiu entrar na famosa e tradicionalíssima Royal Academy of Dance de Londres.

Assista o vídeo da dama agora (Duração do vídeo 1:34 – legendado)

O que eu quero dizer é, não, não é tarde demais! Se dê uma chance, vá em frente!

Para um adulto, fazer essas aulas não só fornece um treino que se adequa ao seu corpo e não causa lesões, mas também retarda o envelhecimento e outras questões que chegam em uma idade mais madura na vida.

“Os impactos mentais, sociais e físicos positivos do balé ultrapassam quaisquer aspectos negativos.

Os sonhos frustrados da infância são bastante comuns nas aulas de ballet adulto. Esses sonhos, como finalmente dançar em sapatilhas de ponta, podem ser alcançados.

O tempo ou a idade não é um fator quando se trata de melhorar a qualidade de vida de forma física, intelectual e emocional.

Serve  também como terapia!” Maria Isabel Marques, começou a praticar aos 35 anos.

Se antigamente era visto como algo a ser feito apenas pelos jovens, o ballet clássico agora está se tornando um dos exercícios físicos mais populares entre os adultos.

Sendo uma  arte holística, o ballet exige que a mente, o corpo e a expressão funcionem perfeitamente em sincronia, o que significa que fazer uma aula beneficia grandemente a pessoa como um todo.

Como o ballet adulto funciona?

barra de ballet adulto

  • Barra de Ballet

O ballet é uma das formas de arte mais exigentes fisicamente – começando com os exercícios na barra, uma aula de ballet requer força, resistência e equilíbrio.

Porém, no ballet adulto, toda exigência passa com maior atenção às condições físicas dos alunos. Ou seja, em vez de querer moldar um corpo jovem para conseguir um certo “ideal”, o ballet adulto se concentra em fortalecer e estabelecer os limites adequados para cada corpo executar a técnica da melhor forma possível.

Dessa forma, a aula não deixa de carregar os mesmos benefícios do trabalho completo que acontece normalmente, só porque se trata de uma aula para adultos, iniciantes ou intermediários.

Mesmo na terceira idade, o “ballet adulto” vai trazer exercícios que exigem o uso de músculos do corpo todo, desde os pequenos e intrínsecos dos pés até os músculos maiores das costas e do abdômen.

A barra é um excelente recurso para encontrar o equilíbrio, encontrar os caminhos certos para cada movimento, a melhor posição do corpo, alinhamento, peso

bailarinas terceira idade

  • Centro de Ballet

Quando se passa ao trabalho no centro da sala, são feitas combinações de passos que  exigem grandes quantidades de energia em movimento, com as elevações e saltos, significando que o corpo obtém um treinamento de força e cardio.

O ballet exige que o cérebro se desligue do pensamento cotidiano – há tanto em que pensar durante uma aula – virar os pés para fora, ombros e quadris alinhados, cotovelos levantados, ombros relaxados, cabeça erguida, e isso tudo sem contar qual a  combinação de movimentos deve ser mostrada!

A boa notícia é que, ao pensar em tudo isso, não há espaço na sua cabeça para qualquer outra coisa. Todas as preocupações e pensamentos desaparecem. Nesse sentido, a aula de ballet foi descrita como meditativa.

Porque o balé vai transformar a sua vida?

  • Desperta seu lado artista e aumenta sua criatividade 

Balé exige musicalidade e expressão – é aqui que a arte entra em jogo.

Em vez de apenas um treino de ginástica, os alunos conseguem criar uma performance com o trabalho, cumprindo uma necessidade que todos nós temos, que é a de nos expressarmos.

  • Melhora a harmonia entre o seu corpo e a sua mente

O balé oferece aos seus executantes uma oportunidade única de se exercitar mental e fisicamente ao mesmo tempo.

Este treino mental alonga e fortalece as conexões existentes no cérebro e força o executante a considerar seu ambiente de uma maneira diferente.

Ele é uma forma de exercício diferente de qualquer outro, além de os grandes benefícios físicos, você também obtém os benefícios mentais de criar algo bonito ao trabalhar.

  • Aflora seu ritmo interno e aumenta sua capacidade física como nunca 

Aprender balé é como aprender uma língua; um idioma que envolve o seu corpo de uma fonte externa: a música.

Enquanto aprende a dançar, você aprenderá a controlar todas as minúsculas partes do seu corpo e ao mesmo tempo também aprende a controlar seus movimentos com a música.

  • Emagrece e tonifica todo o seu corpo

Uma hora e meia de aula pode queimar até 600 calorias, tornando-se um exercício extremamente físico também.

Além da liberação de endorfinas que acompanha qualquer forma de exercício, a prática também muda sua postura, a forma e o tônus muscular.

  • Te transforma em uma pessoa melhor

A dança muda a maneira como você ouve música, muda a maneira como você observa as pessoas se movendo pelo espaço e muda a maneira como você enxerga o seu corpo.

Na verdade, a dança faz considerar seu corpo como uma ferramenta, (ou um templo) e ajuda você a se tornar mais consciente de como deve tratá-lo.

Essa arte e/ou atividade física ensina como se manter confiante e como respeitar seu corpo pelas coisas incríveis que pode realizar. Ajuda a aprender como gerenciar a sua ansiedade. É fantástico, mesmo, você precisa fazer para entender o que eu estou dizendo. E olha que eu sou da terceira idade!!  

O Ballet ensina que está certo não ser perfeito.

john lowe ballet
John Lowe começou o ballet com 80 anos. Agora aos 94, é o mais velho profissional da dança britânica.

Como todos os dançarinos profissionais de ballet irão lhe dizer, você aprenderá a trabalhar em direção à perfeição, reconhecendo que tudo o que você pode fazer é dar o melhor de si em cada desempenho, mesmo se você estiver na terceira idade. 

Alcançar esse nível de coragem mental é difícil e é algo que a disciplina do ballet ensina. Assim, você aprende a gerenciar sua ansiedade sem ter feito nenhum movimento proposital em direção à isso.

À medida que você luta com o aprendizado de novas habilidades de dança, também é forçado a aprender a controlar seus pensamentos para que possa aceitar suas imperfeições sem deixar que elas te definam.

Você aprende que nenhum obstáculo é imbatível e aprende como se preocupar apenas com as coisas que pode controlar, e esquecer o resto.

Essa coragem mental ajuda as pessoas a derrotar a sensação de impotência e levará a um maior senso de auto-eficácia. Ao contrário da maioria das coisas em nossa sociedade, ballet não é algo que vem fácil ou rapidamente.

Muitas vezes você trabalha por meses realizando minúsculas e repetitivas correções  antes de ver resultados, mas esse processo é o que mantém a prática viva, o aperfeiçoamento constante é uma delícia, é uma vitória a cada dia! 

Além disso tudo, essa profissão é um ótimo exemplo do que as pessoas são capazes de realizar quando são apaixonadas por algo.

Os bailarinos são alguns dos trabalhadores mais altamente especializados do mercado de trabalho. No entanto, eles também são alguns dos mais subestimados. Um bailarino não se torna um profissional pelo dinheiro ou pela fama. Eles se tornam profissionais porque têm uma tremenda paixão por seu trabalho.

E assim, na próxima vez que você tiver algum tempo livre, procure assistir à um espetáculo e deixe essa paixão inspirar você também…

Agora você entendeu porque não pode deixar seu sonho morrer? 

Gostou do artigo? Inspire outras pessoas, compartilhe!

2 comentários sobre “Ballet Adulto: Porque Você Não Pode Deixar Seu Sonho Morrer

  1. Artigo maravilhoso!
    Sou profissional da dança há 30 anos e mesmo quando me aposentar, pretendo continuar. A aula de ballet se tornou a minha meditação. Como diz o artigo, é uma atividade onde mente e corpo tem que andar juntas e sentir essa harmonia, é transformador.

    Dancem!!

Deixe um comentário

Chame no WhatsApp
%d blogueiros gostam disto: